Comprou um carro de leilão? Descubra se você pode solicitar um seguro

Vários tipos de veículos são leiloados, mas apenas alguns deles podem ser segurados. O motivo das restrições é que, em alguns casos, as seguradoras não aceitam o risco de proteger os automóveis.

Publicidade




Geralmente, a negativa de uma seguradora acontece porque o risco de sinistro será alto. Consequentemente, as chances de que uma indenização precise ser paga são maiores, ou seja, a seguradora sai no prejuízo.

Explicaremos a seguir quais os tipos de carro leiloado, dizendo quando será possível contratar seguro para carros de leilão ou não. Acompanhe!

Carro com sinistro leve

Posso contratar seguro? Normalmente sim. Caso tenha ocorrido algum acidente no veículo leiloado, a fiscalização do carro poderá constatar isso. Portanto, a seguradora avaliará a gravidade do sinistro e se ele deixou “sequelas”. Se o dano não for grande, geralmente não produzirá muitas consequências. Então, você pode adquirir um seguro, sim.

Carro de financiamento

Posso contratar seguro? Sim. Um carro de financiamento é “tirado” do consumidor quando ele não paga as prestações. Portanto, estar em perfeitas condições é muito comum. Se o relatório do Detran mostrar isso, a seguradora não terá problemas para proteger o veículo.

Carro com sinistro médio ou grande

Posso contratar seguro? Muito difícil. Quando um carro sofre um acidente mais grave, é provável que o dano deixe “sequelas”. Portanto, há uma grande chance de novos sinistros acontecerem.

No entanto, existe um seguro mais básico. As medidas de proteção contra roubo e furto de veículos não levarão em consideração qualquer sinistro anterior. Portanto, pode ser facilmente contratado.

Porém, com o seguro básico, em caso de outros acidentes, o motorista arcará sozinho com o prejuízo. Afinal, a seguradora não oferecerá proteção.

Publicidade




Carro com “sinistro recuperado” ou “sinistro indenização”

Posso contratar seguro? Não. O status de “sinistro recuperado” significa que o automóvel sofreu um grande dano. Se a situação for mais grave, as consequências para o veículo ainda podem existir. Principalmente na mecânica. Nenhuma seguradora está disposta a se arriscar a pagar uma indenização tão cedo.

O mesmo é válido para carros com “sinistro indenização”. Afinal de contas, isso significa que o carro terá sido recuperado após 75% de dano com um sinistro (perda total). Comprar um carro assim é “comprar sucata”.

Carro com chassi remarcado

Posso contratar seguro? Normalmente sim. Por fim, há a possibilidade de contratar seguro para carros de leilão com chassi remarcado. Normalmente, o chassi é remarcado quando o auto sofre um acidente que danificou a marcação. Ou, devido à corrosão do tempo. Se os danos avaliados não forem graves, a proteção será fácil de se adquirir.

Seguro para carro de leilão tem FIPE reduzida

Quando se trata de seguro para carros de leilão, há uma coisa que precisa de atenção: o preço considerado para o veículo. Esse preço é determinante para a indenização em caso de sinistro, que será paga pela seguradora.

Basicamente, um carro leiloado não utiliza a tabela FIPE total. Ou seja, não utiliza o valor total indicado na tabela FIPE como valor de mercado do veículo. Principalmente porque no leilão, o preço de compra do carro foi bem menor do que aquele preço.

Portanto, preste atenção ao contrato e ao valor a ser pago em caso de sinistro. Isso te dará mais segurança, pois dirá o quanto você terá direito para a cobertura dos seus prejuízos.

Pronto! Agora você conhece todas as informações sobre o seguro de carro de leilão. Não se esqueça de fazer cotações de várias empresas e tenha cuidado ao comprar um carro. É importante compreender a origem e as condições reais do veículo.

Publicidade




Comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

NOVAS: