Vai comprar uma moto usada? Descubra o que analisar antes de fechar negócio

O mercado de motocicletas usadas é um dos segmentos de mercado em crescimento. Com o aumento dos preços dos combustíveis, muitas pessoas optam por comprar motocicletas, seja como veículo de passeio ou para uso diário.

PUBLICIDADE

Publicidade




PUBLICIDADE

E uma área que movimenta muito dinheiro é o das motos usadas. Contudo, muitos compradores não têm conhecimento suficiente e na hora da compra, acabam fazendo um mal negócio.

Confira agora algumas dicas para não errar na hora de adquirir uma moto usada.

Geral

O primeiro passo é fazer uma inspeção geral da motocicleta e verificar se a condição é correspondente à sua quilometragem. Observe os detalhes para ver se não há batida forte ou queda da moto, o que pode danificar algumas coisas na moto.

Evite observar a motocicleta em uma garagem fechada, pois a luz artificial obscurecerá muitos detalhes da moto. Tente vê-la exposta ao sol para facilitar a inspeção dos itens.

Atente aos detalhes

Olhe a parte de trás do painel ou estrutura de suporte do farol para verificar se há solda ou rachaduras. Esta parte geralmente é danificada ao sofrer impacto ou queda.

Outro detalhe é no pescoço do quadro, geralmente onde o número do chassi está localizado. Verifique se não há solda, se os limitadores ou batente de suspensão (para que o guidão não bata no tanque de combustível) estão tortos ou soldados.

Nas bengalas você deve observar se não há vazamentos de óleo, pois podem estar tortas. Verifique também na ponta da bengala, quando a moto cai, normalmente acaba ralando esta parte.

Na ponta da balança traseira é comum também ter algum ralado, quando há caso de quedas.

Quilometragem

Preste atenção à quilometragem. Uma moto pouco rodada pode enganar à primeira vista. Os modelos esportivos geralmente são usados ​​por seus proprietários para manobras, enquanto os modelos off-road podem ter um histórico de muitas trilhas o que exigem muito de sua estrutura.

Preste atenção às condições gerais da motocicleta. Observe os manetes, pedaleiras e manoplas e se o estado delas são compatíveis com o estado geral da moto.

Uma moto usada com tais componentes novos, é algo a ser questionado. Verifique se o tanque de combustível está arranhado, o que pode indicar uma queda.

Publicidade




Comandos

Ao fazer a inspeção na hora da compra, verifique os comandos. Se estão duros, algo pode estar errado. Uma embreagem dura pode indicar o fim da vida útil da peça, e um acelerador rígido pode ser um sinal de problemas mais sérios.

Fique atento ao câmbio. Os engates devem ser precisos e as marchas não podem saltar. Também observe o acionamento dos freios, pois é o item fundamental para a sua segurança.

Pneus, relação e elétrica

Observe o estado dos pneus e verifique a quilometragem restante de sua vida útil, o que pode acarretar em maiores custos. O mesmo serve para o conjunto de relação (corrente, coroa e pinhão), verifique se os dentes estão arredondados, se estiverem pontiagudos também já está na hora da troca e dependendo do modelo da moto pode custar mais de mil reais o quite.

Na parte elétrica, você pode verificar se há sinais e problemas durante a primeira inicialização. Se a moto não pegar facilmente no botão de start pode ser não apenas problema na bateria, como também no estator que não esta mandando carga na moto ou retificador que não esta mandando a voltagem correta para a bateria.

Questione o proprietário sobre a manutenção da moto, se ele fez as revisões nos tempos corretos. Por exemplo, para um modelo que já foi usado por mais de dois anos, mesmo que tenha baixa quilometragem, o fluido e o óleo da suspensão da motocicleta devem ser trocados porque eles perdem a eficiência com o tempo.

Você não precisa ser mecânico ou ter conhecimentos muito aprofundados para evitar ser passado para trás na hora da compra de modelos usados. Seguindo essas dicas, você pode obter uma boa compreensão do estado da motocicleta. Claro, a ajuda de profissionais é sempre bem vinda, mas para quem não tem esse apoio, essas dicas podem ajudar muito.

Publicidade




[ajax_load_more container_type=”div” post_type=”post”]

PUBLICIDADE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *