Pin It

Motos de leilão: Vale a pena arrematar?




Comprar um carro novo pode ser muito caro, o que é inacessível para algumas pessoas. Portanto, procure outras opções, como comprar um carro usado ou de leilão. As motos que são vendidas nos leilões, por exemplo, são classificadas como conservadas ou sucatas. As classificadas como sucata são vendidas para desmanche, mas as conservadas podem ser regularizadas e utilizadas para trafegar normalmente nas ruas, sendo adquiridas por um preço abaixo do mercado.




No leilão, as motocicletas são numeradas e divididas em vários lotes, que são anunciados em ordem. Quem der o lance mais alto leva embora a moto e, normalmente, o preço do veículo vendido é inferior ao preço de mercado. No entanto, não é necessário apenas analisar o valor da motocicleta, mas também seu estado e se realmente vale a pena comprar uma motocicleta em leilão. Abaixo, daremos dicas e discutiremos como fazer uma boa analise antes de dar um lance. Confira.




Analise a classificação da moto

Primeiramente, você precisa entender a classificação das motos. Os leilões costumam ser transparentes e as motocicletas são classificadas de acordo com sua condição. As motocicletas em bom estado são classificadas como “conservadas”, enquanto as motocicletas sem peças ou que não estão funcionando são classificadas como “sucatas”.

Portanto, antes de comprar uma motocicleta, entenda sua classificação e se ela é adequada para o seu veículo. Por exemplo, se você deseja uma moto para se deslocar na cidade, não compre uma que seja sucata, porque exigirá muita manutenção.

Veja se o lance compensa

Na maioria dos casos, o lance nas motos vale a pena e é inferior ao preço de mercado. No entanto, em certas circunstâncias, o valor pago em leilão pode não compensar. Por exemplo, motocicletas que precisam ser regularizadas e pagas por documentos não devem ser compradas a preços altos.

As pessoas vão aos leilões para comprar veículos a um preço mais acessível, que deve ser o objetivo principal. Portanto, antes de participar, preste atenção em qual veículo você está interessado e verifique seu preço de mercado. Determine quanto você está disposto a gastar e certifique-se de que o valor pago no leilão não exceda o valor necessário para comprar uma motocicleta nova.

Se certifique da situação da moto

Não compre motocicletas que apresentem defeitos evidentes ou que tenham que pagar uma grande quantidade de documentação. Como o veículo não pode ser inspecionado em detalhes antes da compra, esteja ciente de quaisquer danos que possam ser detectados a olho nu. Procure defeitos de pintura, lataria amassada e outros sinais que indicam um acidente. Uma motocicleta envolvida em um acidente pode precisar substituir várias peças, o que pode ser muito caro.

Lucrando com sua moto de leilão

Se você souber fazer um ótimo negócio em leilões, ainda pode conseguir lucrar com isso. Se você comprar uma motocicleta em bom estado por um preço inferior ao de mercado, poderá revendê-la e ganhar um dinheiro extra. Muitas pessoas seguem este caminho. Uma boa maneira de atingir esse objetivo é comprar motocicletas em um leilão realizado por uma empresa financeira. A maioria desses veículos vem de pessoas que não pagaram o financiamento, e o banco os confiscou para leilão a fim de quitar o débito.

Não são produtos de prisões por multas, furto ou qualquer outro tipo de sinistro. Nestes casos, a origem costuma ser melhor. Você não fará compras no escuro.




Para simplificar o que falamos até agora, você pode conseguir economizar dinheiro comprando uma moto em leilão, desde que avalie a sua procedência e o seu estado atual.

Aja sempre com muita cautela

Quando se trata de valor e veículos, seja sempre muito cauteloso e calmo. É preciso lembrar que não é leiloado apenas um lote de motos, mas vários, e por isso é preciso esperar o momento perfeito para fazer a compra. Caso tenha tido a oportunidade de ver as motos antes, atenha-se a sua escolha e também ao seu limite de dinheiro. Não faça um lance maior do que deveria, e também não compre por impulso.






 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *