Como participar de um leilão do Detran

Para quem pretende reformar carros antigos ou comprar carros novos a preços abaixo do mercado, o leilão realizado pelo DETRAN é uma excelente oportunidade.

PUBLICIDADE

Para participar desses leilões, é necessário cumprir alguns requisitos definidos pelo órgão. Saiba a seguir o que é necessário para arrematar um veículo nesses eventos!

Cadastramento

Primeiramente é necessário fazer um pré-cadastro no site do DETRAN (em alguns casos, no site responsável pelos leilões de automóveis) ou na sede física. Para se cadastrar, é necessário apresentar, no caso de pessoa física, RG, CPF, comprovante de residência e uma procuração, caso for arrematar um veículo para outra pessoa.

PUBLICIDADE

Se você deseja participar como pessoa jurídica, obtenha um contrato social, uma cópia do CNPJ, o comprovante de estabelecimento e a procuração (no caso de não ser o representante legal). Não se esqueça de levar esses documentos também no dia do leilão de carros.

Datas do leilão

O leilão do DETRAN tem hora e local certos.  O órgão disponibiliza um calendário de eventos do ano em seu site oficial e especifica a área em que será realizado o leilão de automóveis. Também ficam disponíveis os editais para cada evento, com os detalhes sobre as regras e a tabela de quais veículos devem ser leiloados.

Atente para o estado dos veículos

Os veículos são leiloados tal como se encontram, sem quaisquer reformas. Desse modo, antes de assinar, observe atentamente o carro desejado e tente descobrir o tipo de dano se houver. Após a compra do carro, qualquer tipo de custo adicional, que é de inteira responsabilidade do comprador, portanto você deve estar ciente de todos os defeitos que possam existir no veículo.

Como fazer os lances

Os lances são dados durante o leilão presencialmente e, às vezes até pela Internet. Os veículos já começam com um lance mínimo estipulado, baseado no estado do automóvel, ano de fabricação, modelo e situação em que foi apreendido.

Ao arrematar o carro ou moto, o comprador recebe um boleto emitido pela instituição e tem até 24h. A forma de compra de automóveis ou motocicletas não pode ser parcelada. O prazo máximo de retirada da máquina de leilões é de 90 dias, sem prorrogação: caso o comprador não conclua no prazo, o carro será leiloado novamente.

Documentação dos veículos

Os veículos podem ser leiloados com ou sem direito à documentação. Quando não existe direito à regulamentação de documentos, os automóveis terão a numeração do chassi pinada, mantendo apenas os últimos 4 números.

As placas também serão retiradas. Caso o carro possa ser regulamentado para andar, ele só poderá ser retirado do pátio do órgão após o pagamento e a transferência de proprietário. Isso pode ser feito diretamente com o órgão através do pagamento de documentos de arrecadação estadual (DAE). No entanto, essa regulamentação fica de inteira responsabilidade do licitante.

[ajax_load_more container_type=”div” post_type=”post”]

PUBLICIDADE

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *